Blog

Por que fazer um testamento

É muito difícil pensar que um dia não estaremos mais aqui e que quem depende de nós terá que enfrentar essa dura realidade. Talvez por essa dificuldade, adiamos ao máximo pensar nas questões burocráticas que envolvem o falecimento. Uma dessas burocracias, é a elaboração de um testamento.

Mas por que é importante fazer um testamento? Ao contrário do que muitos pensam, elaborar um testamento tem várias vantagens, ao deixar tudo organizado e pensar com antecedência no futuro de sua família.

O que é um testamento?

O testamento é um documento que representa a última vontade de uma pessoa enquanto estava viva. É uma declaração de forma unilateral que terá efeito depois do seu falecimento.

Neste documento, estará descrito quem serão os herdeiros dos bens, definindo o destino da herança.

Por que é importante fazer um testamento?

O patrimônio de uma pessoa pode ser o resultado de uma vida toda de trabalho. Esse patrimônio vai passando de geração em geração e, muitas vezes, se torna mais amplo ainda, ou em outros casos têm um final não tão próspero. Se você trabalhou para conseguir tudo o que tem e quer garantir um futuro adequado para o seu dinheiro, é importante pensar nisso enquanto está vivo.

Além disso, a única forma de garantir que as pessoas que você cuida em vida também tenham uma segurança financeira depois do seu falecimento, é com um testamento. Nele você vai indicar o que deve ficar para cada familiar, amigo ou até mesmo para aquela instituição que você ajuda. O testamento vai garantir que a sua vontade enquanto estava vivo seja cumprida.

shutterstock-547325908.jpg

O documento vai impedir, ainda, que os bens sejam repartidos por meio de um inventário extrajudicial. Quando existe um testamento, o que vale é a declaração contida nele, que receberá a validação de um juiz.

Fazer um testamento é mais importante ainda nos casos de pessoas que não possuem herdeiros. Quando não é indicado um amigo, funcionário ou então uma instituição para receber a herança, todos os bens são destinados ao Governo.

Quem pode fazer um testamento?

Muitas pessoas pensam que o testamento é feito somente por pessoas muito ricas e que possuem um grande patrimônio. Mas isso não é verdade. O testamento pode ser feito por qualquer pessoa que queira dar um destino certo a seus bens.

Por exemplo, pode levar em consideração simplesmente um apartamento de alguém que não possui herdeiros diretos, não seja casado, não tenha filhos, nem parentes próximos.

Quem pode ser beneficiado por um testamento?

Você poderá beneficiar quem você quiser em seu testamento. Na maioria dos casos, os herdeiros escolhidos fazem parte da família, mas é possível indicar outras pessoas.

O herdeiro não precisa ter nenhum vínculo sanguíneo, nem mesmo de parentesco. Pode-se usar o testamento para oferecer uma gratificação a um funcionário ou alguém que lhe ajudou. O documento ainda serve para o reconhecimento de filhos, bem como de uniões estáveis.

Antes das pessoas indicadas no testamento receberem cada uma a sua parte da herança, será verificado se a pessoa falecida possui alguma dívida. Se for confirmada a existência de algum débito pendente, este deverá ser quitado. Somente depois disso, os bens ou valores em dinheiro que restarem do pagamento serão divididos entre as pessoas beneficiadas pelo testamento.

Se você precisa de assessoria profissional para elaborar um testamento, clique aqui e conte com um advogado especializado.

Fotos: MundoAdvogado.com

Site: https://www.mundoadvogados.com.br/artigos/por-que-fazer-um-testamento

construtora

Comentar

Clique aqui para postar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *