Blog

Por que precisamos de assessoria jurídica empresarial em tempos de crise econômica?

Os reflexos da crise econômica que assola o país, vem sendo sentidos paulatinamente pelos empresários brasileiros. Cenários econômicos desfavoráveis demandam políticas amplas e perspicazes de governança corporativa por parte de empresários e administradores para que se possa sobrepujar a adversidade financeira.

A orientação correta nas tomadas de decisões do dia a dia da empresa faz toda diferença ao negócio, isto porque, proporciona ao empresário segurança e tranquilidade, fatores que potencializam a sobrevivência da empresa no mercado competitivo, bem como a sua expansão em época de crise econômica.

A atuação de uma assessoria jurídica pauta-se na percepção, apontamento, controle e acompanhamento de riscos, com fins a minimizar os prejuízos e, consequentemente, aumentar ganhos para o empresário por meio das ações preventivas desenvolvidas pela assessoria.

Alguns empresários consideram esse serviço como algo desnecessário ao seu negócio, até o momento em que se deparam com situações que causam ruínas ao seu patrimônio, que poderiam ser evitadas caso houvesse a consulta prévia a um profissional qualificado e responsável por atenuar o risco.

Ainda vigora no Brasil a ideia de que os advogados são necessários somente mediante a existência de um problema real. Contudo, ao contrário do que a maioria pensa, o advogado não auxilia somente na solução de problemas, mas sim, realiza um trabalho com o fito de evitá-los, que confere maior segurança aos negócios.

É notório que as leis trabalhistas, previdenciárias, cíveis e tributárias são editadas todos os dias, o que traz consequências práticas para o empresário brasileiro, seja o proprietário de uma microempresa ou o gestor de uma grande organização.

Uma das melhores alternativas empresariais para evitar a ocorrência de um grande número de processos judiciais, que demandam mais gastos e prejudicam a imagem da empresa, é a prevenção por meio de profissionais capacitados da área jurídica. Dessa forma, em “tempos de crise” o advogado auxiliará a empresa a escolher os caminhos mais eficazes e menos onerosos ao exercício da atividade empresarial.

A Advocacia Preventiva é de extrema importância, vez que, independentemente do porte da empresa e área de atuação, os riscos estão sempre em evidência e a atuação preventiva visará minimizá-lo e, até, erradicá-los.

Frente ao cenário econômico suportado pelo país, verifica-se que diversas empresas enfrentam a crise reduzindo custos, ocorrendo por vezes a redução do quadro de colaboradores, razão pela qual a empresa é levada até o judiciário pelos funcionários que visam recuperar a estabilidade financeira.

A cada ano dobram as interposições de ações na Justiça do Trabalho e isso se dá pela facilidade do acesso à justiça, aliado a proteção do trabalhador, bem como, da inexperiência do empresário que dá motivos para a interposição das mais variadas reclamações.

Nesse vértice, conclui-se que a assessoria jurídica trabalhista tem como principal objetivo a prevenção de demandas perante o Poder Judiciário e o Ministério do Trabalho. A empresa que contrata um advogado trabalhista com o objetivo de efetivar uma consultoria preventiva, tem seus padrões reciclados e renovados na forma da lei, o que, além de transmitir uma excelente reputação aos clientes, transmite segurança ao mercado, minimizando riscos e maximizando lucros.

construtora

Comentar

Clique aqui para postar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *